Proporcionalmente, Maduro mata 8 vezes mais do que a ditadura brasileira

Uma conta rápida para se entender a gravidade da coisa. A Venezuela vive uma onda de protestos iniciada em 1º de abril de 2017. Nos 95 dias que se passaram desde então, um total de 91 venezuelanos foram mortos.

Se considerarmos que os “anos de chumbo” brasileiros ocorreram durante a vigência do AI-5, trata-se de um período de 3.652 dias. No ritmo atual, o governo Maduro somaria 3.498 vítimas num recorte de igual duração. Mas a Comissão da Verdade reconheceu 434 mortos e desaparecidos enquanto o Brasil esteve sob uma ditadura militar.

Em outras palavras, a ditadura venezuelana avança sobre a própria população com uma letalidade oito vezes maior do que a observada por aqui.

Isso não alivia em nada período tão lamentável da história nacional. Mas desenha melhor a gravidade do que vive o vizinho mais ao norte.

Anúncios

Publicado por

apyus

Um cara simples

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s