O que quer o governo Temer

Resumidamente, evitar a cadeia. Mas, com popularidade tão baixa, só terá forças para tanto até o primeiro dia de janeiro de 2019, pois fatalmente passará o cargo a um opositor.

Então é esse o plano dele?

A mensagem de hoje, defendendo que a recessão está no fim, mesmo que ela ainda pese bastante no nosso lombo, pode ter entregado a estratégia. Seria uma espécie de fuga pela economia.

Faria sentido. A história ensina que, com muito dinheiro no bolso, o brasileiro topa de ditadura militar a petismo destruindo democracia e estrutura pública. E, até aqui, a equipe econômica vem fazendo um trabalho exemplar.

Se tais resultados chegam, Temer emplaca um sucessor, ou, quem sabe, até renova o mandato. E aí quem perde é a Lava Jato, que verá o parlamento, em conluio com o Supremo, inutilizar o que ainda resta de arma para se fazer Justiça no país.

E eu creio que os resultados virão.

Ou seja… Dallagnol, Moro e sua trupe precisam enfiar o pé no acelerador. A “janela de transferência” de Brasília para Curitiba aos poucos se fecha.

Anúncios

Publicado por

apyus

Um cara simples

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s