Trump, Doria, Bolsonaro

Algo que une o voto em Trump, Doria e Bolsonaro: a crença de que a vontade política importa mais do que o poder de articulação. Já elegeu os dois primeiros, está assuntando com o avanço do terceiro.

No segundo caso, vem dando resultado. No primeiro, até pela natureza federal do trabalho, ainda não. Mas algo é preciso ser dito sobre Doria: ele tem um padrinho, alguém que o articulou, o que de certa forma dá a tudo um ar de farsa, ao mesmo tempo que parece mostrar aí o segredo do sucesso.

Vontade política? Poder de articulação? Na dúvida, ambos.

Anúncios

Publicado por

Marlos Ápyus

Um cara simples

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s